Restos mortais encontrados no Perú podem realmente ser alienígenas

Durante uma recente investigação conduzida por membros da Associação Peruana de Ufologia (APU), contato foi feito com os novos proprietários de estranhas relíquias arqueológicas de origem supostamente alienígena, aos quais foi dado o pseudônimo de “Guardiões de Atok Marka”, para salvaguardar as identidades destas pessoas que vivem nas montanhas do Sul do Peru, onde elas mantêm 2.000 estranhas relíquias em sua posse.

Como alguns devem lembrar, no final de 2016, duas pessoas da cidade de Cuzco – Luiz Quispe (ou Krawix), e Dante Rios, expuseram uma dúzia desses restos mortais, os quais incluíam pequenos seres mumificados, crânios de aparência extraterrestre, bem como uma mão gigante com incrustações metálicas.  Mas neste caso, os “Guardiões de Atok Marka” possuem um número muito maior de peças, algumas delas similares àquelas dos colecionadores de Cuzco, junto com muitas outras relíquias, uma mais intrigante do que a outra.

apu-restosnasca1



Os “Guardiões de Atok Marka” possuem mais de 2.000 peças em sua posse, como mencionado anteriormente. Entre estas estão restos mumificados de entidades, abrangendo de 7 centímetros até 3 metros de altura.  Sob observação detalhada dos pesquisadores da APU, tudo aponta para o fato de que estes objetos são constituídos de osso e tecido mumificado pela passagem do tempo e pelas condições com que foram encontrados.

Quanto a existência destes restos nas mãos de colecionadores de Cuzco ficou conhecida, todas estas peças foram removidas de forma clandestina de uma galeria subterrânea localizada sob o Deserto Ica, especificamente na Área Nazca, uma província localizada no sul da região.

Restos mortais encontrados no Perú

Veja mais fotos:


Fontes: ovnihoje | astroufoperu