Vídeo de seres gigantes em topo de montanha no Peru

Esta filmagem, feita no ano de 2010 em Marcahuasi no Peru, supostamente mostra seres  gigantes em topo de montanha.

Este caso mostra gigantes de aparência humana, os quais a testemunha ocular que obteve o flagrante destes seres que gigantescos parece muito assustada. No vídeo, você pode ver que os gigantes são muito maiores que as pessoas normais e pode-se ouvir a menina dizendo: “Mama! Estou com muito medo !, eles são muito altos”.

A mãe da garota pedia para a mesma filmar um navio, que estava vendo com os binóculos”, a garota disse que estava gravando apenas os “alienígenas”.

Sobre o vídeo dos seres gigantes em topo de montanha no Peru

O caso em questão foi investigado pelo GCEPERU, grupo liderado pela pesquisadora Gladys Cordova, que atua no peru. No vídeo criado com base nos resultados de uma analise realizada através de um pesquisa de campo feita pelo grupo no ano de 2014. Como descrição no vídeo original do GCEPERU foram postas algumas observações:

É sugerível que os amigos observem  na parte do vídeo em que a comparação é feita, na parte em que eles descem da pedra plana no alto da montanha,  ambos em 2010 e 2014 deram o mesmo passo à direita, ao descer da rocha formam um ângulo agudo com as duas pernas, já os “gigantes” parecem ser diferentes de nós, humanos. Eles devem ter proporções diferentes das nossas, é por isso que, quando o colaborador da equipe desce da rocha, somente se vê-se a metade do braço, enquanto o “gigante” aparece por inteiro.



Repare no vídeo abaixo:

Deve-se enfatizar que ambos estão no mesmo ponto do topo da montanha. Outro detalhe interessante é ver o tronco do “gigante” de pé, é muito fino e o jovem colaborador, que serviu como referência, é muito magro, por isso foi escolhido para representar os estranhos seres, no entanto, ele parece mais largo do que o “gigante”, observe a diferença dos ombros , o tronco quando a abordagem de comparação é feita, observe o comprimento da cabeça e pescoço, além da diferença na cabeça, pescoço, ombros pequenos, tronco, comprimento da perna e postura que é um detalhe interessante porque o “gigante” parece muito mais alto.

Tanto em 2010 como em 2014, a mesma câmera foi usada na mesma distância nas horas da manhã devido ao sol, então as imagens devem ser as mesmas e não, a postura, o tronco, os ombros são tão pequenos do GIGANTE, o pescoço longo, a cabeça, as pernas longas, o ângulo adutor TUDO é diferente do jovem de pé ali, pelo menos um desses detalhes deve parecer que eu repito, tendo usado a mesma câmera, a mesma distância e filmado na hora da manhã.

Confira o vídeo de análise:


Créditos da investigação:
Gladys Córdova.
1º Equipe de campo: David, Daniel e Maritza.
2º. Equipe de campo: José, Selene, Gino, Nelson e Manuel.


Fontes: GCEPERU | etseetc.com |