OVNI filmado em Atizapán de Zaragoza

OVNIs que emitem muita luz através de um sistema específico que pode ser ativado e desativado ou simplesmente são constituídos de materiais que reagem a nossa atmosfera de tal maneira que pareça emanar uma luz extremamente forte de todos os ângulos, o que faz com que pareça feito de luz.

Mas não se tem muita informação sobre isso de maneira convencional, livros, internet, mas estas informações provém comumente entre a comunidade de humanos contactados, e/ou raramente, algum cientista ou ex integrante de alguma organização secreta resolve vir a público e corajosamente dizer o que sabe, mesmo sabendo dos inúmeros caso de “queima de arquivo” existentes na história dos ufólogos investigadores que conseguiram se aprofundar um pouco mais.

O vídeo postado pelo usuário identificado como Alejandro Ferreira tem se espalhado pela web mostrando um suposto UFO no Estado do México. O tal usuário postou o vídeo com a seguinte legenda: “Ovni en a Atizapán de Zaragoza…. Y nadie hace nadaaaaa”(sic).

Podemos observar uma luz forte pairando entre os edifícios locais, e o vídeo está sendo captado através do vidro da janela. Observe o desfoque que a luz provoca quando atravessa o vidro e chega na câmera, na parte central do objeto, onde a luz é mais forte. Isso porque o clima estava aparentemente chuvoso e úmido.



OVNI filmado em Atizapán de Zaragoza

Perceba que quando o objeto ou a câmera mudam de direção esse desfoque mencionado acima muda conforme a umidade concentrada no vidro o que é um detalhe extremamente importante. E não é tão fácil de ser reproduzido digitalmente com tanta simetria, envolvendo muito tempo e custos, aparentemente, a troco de nada.

Isso poderia também, é claro, ser feito de uma luz que viesse de dentro para fora, mas convenhamos não parece ser o caso. Não se vê em momento algum outro reflexo no vidro, o que aconteceria caso uma luz fosse emitida de dentro para fora, pois uma fração da luz refletiria no vidro e teria assim iluminado o ambiente interno fazendo com que refletisse no vidro.

Veja o curioso vídeo abaixo e tire suas conclusões: