OVNI entra em estádio de futebol e partida chega a ser interrompida no ano de 1982

Não é todo dia que um OVNI é avistado por mais de 23 mil pessoas. Isso aconteceu em 1982 em Campo Grande – MS durante um jogo de futebol entre o time da cidade Operário e o Vasco da Gama.

Resumidamente foi assim, durante um jogo de futebol no estadio Morenão de Campo Grande – MS e ainda no primeiro tempo, apareceu no céu um objeto em forma de charuto, sobrevoou o estádio, acelerou e se perdeu de vista. Tudo isto aconteceu em pouquíssimo tempo. Milhares de torcedores, os jogadores em campo, pessoas de outras cidades e até de países vizinhos viram o mesmo fenômeno. No outro dia o evento era notícia na cidade e pouco depois no Brasil todo.

Há mais de 30 anos, um fenômeno nos céus de Campo Grande assombrou os torcedores que assistiam a Operário-MS e Vasco pelo Campeonato Brasileiro. Estranhas luzes multicoloridas pairaram sobre o estádio Morenão, em uma suposta aparição de óvnis. Até hoje o episódio desperta a curiosidade e divide opiniões. E foi em busca de explicações que um grupo de amigos produziu um documentário para recontar as histórias daquele que se tornou conhecido como ‘o jogo do disco voador’.

Intitulado ‘O que era aquilo?’, o documentário de uma hora de duração traz entrevistas com torcedores, jornalistas, funcionários do Morenão e ex-jogadores que testemunharam aquelas manifestações na noite de 6 de março de 1982. Um ufólogo também dá sua interpretação para o fenômeno. No vídeo, cada um tem a versão para o que viu.

Vejamos o que algumas testemunhas falam sobre os eventos daquele dia:

“-Foi um grande tumulto, muitas pessoas correndo e se empurrando. Logo em seguida, as luzes voltaram, aparecendo em cima das arquibancadas, e sumiram de novo. Foi um grande susto, mas ninguém sabia dizer o que era” – contou o radialista Ramão Cabreira, com 18 anos na época e que estava no estádio.

“-Eu lembro de ter visto um clarão muito forte no campo. Na hora, pensei que fosse um avião passando. Mas, depois, meus familiares, que estavam nas arquibancadas, me disseram que todo mundo falava que era um disco voador. Foi meu primeiro jogo e fui muito bem. Mas não acredito que aquilo (disco) melhorou meu futebol. Eu só creio em Deus – recordou o evangélico e na época jogador do Vasco, Cocada.



OVNI entra em estádio de futebol

Jogador Cocada, testemunha do ocorrido.

Ademar José Gevaerd, ufólogo renomado, tem certeza de que era um disco voador. Até então professor de química, em Maringá, interior do Paraná, ele decidiu abandonar a carreira para se dedicar à ufologia, sua paixão de infância, e se mudou para Campo Grande, aproveitando a repercussão do caso. Naquela noite, segundo ele, outros óvnis (objetos voadores não identificados) foram avistados ao mesmo tempo em São Paulo, Paraná, Argentina, Bolívia e Paraguai.”

Nunca havia acontecido algo parecido no mundo. É um recorde até hoje. Campo Grande é uma intensa área de objetos. Já ouvi centenas de casos. Ir ao supermercado era complicado. Sempre alguém vinha me contar uma história. Cheguei a pesquisar mais de cinco casos por mês, sem contar as histórias que as pessoas relatavam – disse Gevaerd

Confira mais relatos no vídeo abaixo


Um suposto vídeo do ocorrido:

Apesar de algumas pessoas apontarem que este é o vídeo do OVNI que ameaçou descer no estádio morenão em 1982, moradores e outras testemunhas presentes no ocorrido afirmam que este não é o estádio morenão portanto não pode ser confirmado como sendo de fato o vídeo em questão.  Porém, ao menos serve para ilustrar o que teria acontecido naquele fatídico  dia.


Fontes: etseetc.com | Mell Schmidt | Magnéttico | instigatorium.com