O medalhão sumério com figuras extraterrestres

Este medalhão de ouro teria sido encontrado no túmulo da rainha Zer e rainha Puabi de Ur, na Suméria e são os exemplares de jóias mais antigos encontrados a partir do terceiro milênio AC.

Ao longo dos séculos, a maioria dos túmulos egípcios foram roubados e inúmeros artefatos terminaram em coleções particulares e entre eles estaria este intrigante medalhão que mostra de uma maneira muito clara que os egípcios tiveram contato com uma civilização alienígena.

O medalhão Sumério com figuras extraterrestres

Representação e vestimentas da rainha Puabi

Os restos da rainha Puabi foram encontrados no Iraque, na década de 1920, na mesma época em que descobriram a múmia de Tutancâmon. Cientistas forenses estimam que ela morreu quando tinha cerca de 40 anos e que governou a Suméria por direito de sangue, durante a Primeira Dinastia de Ur.


O autor e pesquisador Zecharia Sitchin, no entanto, acha que Puabi foi mais do que uma rainha. Ela seria uma “nin” – um termo sumério que significa “deusa”. Ele sugere que, na verdade, ela seria uma semideusa, descendente dos visitantes de Nibiru. Para mostrar essa diferença que talvez exista, Sitchin pretende comparar o nosso genoma com o da rainha.

Conheça sobre o Genoma da Rainha Puabi

Nesta joia encontrada na antiga tumbas sumérias podemos ver o que se parece com faraós egípcios de crânio alongado , como os encontrado em Paracas. Alguns números têm  características desconhecidas. Uma teoria interessante é que um ser extraterrestre e uma possível nave espacial estão no topo para representar domínio Alienígena ou liderança sobre os egípcios durante os tempos antigos.

O medalhão Sumério com figuras extraterrestres

Confira os detalhes no vídeo abaixo:



Fontes: proofofalien | hypescience | atlanteangardens | disclose.tv

Veja também