Como captar imagens de UFOs de acordo com os militares dos EUA

Em um documento recentemente desclassificado do Departamento de Defesa, os militares dos EUA estabelecem protocolos para seu pessoal sobre como fotografar um objeto voador não identificado.

O manual do DoD 2001, intitulado ” DoD Instruction 5040.6, Life Cycle Management of DoD Visual Information (VI)” contém 64 páginas de diretrizes sobre como os militares devem capturar, conter e enviar todos os registros visuais, como fotos e Vídeos. Enquanto grande parte do documento é básico procedimento de operações padrão para a coleta e armazenamento de dados visuais, ele contém referências específicas para a documentação de UFOs.

Na secção 21 do capítulo 5 do documento, afirma:

A tabela a seguir refere-se a imagens que registram UFOs e outros fenômenos aéreos que não são obviamente identificáveis como aeronaves convencionais ou mísseis. A tabela também lista a prioridade atribuída a cada categoria de imagens e fornece instruções de manuseio relevantes.

Abaixo está uma tabela que contém dois títulos específicos sobre fenômenos aéreos estranhos. Um intitulado ” Objetos aéreos voadores não obviamente identificáveis como aviões convencionais” e o outro “Fenômenos aéreos (incluindo luzes móveis e fenômenos similares)”.

ufodoc-570x409

O procedimento de submissão de fotografias e vídeos ufológicos por parte dos militares é simples, fazer cópias digitais no caso de fotografia de filme analógico ou vídeo, e enviar todos os meios, negativos originais incluídos, para o Centro de Operações de Gerenciamento de Imagens de Defesa. A partir de 2011, todo o DVIC está agora sob o guarda-chuva do Centro de Operações de Gerenciamento de Imagens de Defesa (DIMOC).

Em uma entrevista exclusiva com Paul Dean, pesquisador UFO e blogueiro que descobriu esses documentos através do Freedom of Information Act, ele airma:

“O que é particularmente estranho é que a tabela do que fotografar e do que não, é que ela não diz vagamente UFOS ‘OVNIs’ Ela estabelece claramente tanto ‘Objetos Voadores não Identificados’ com descritores e depois ‘Fenômenos Aéreos’ com descritores .”

“Além disso, é estranho que os militares recebam instruções sobre avistamentos de OVNIs, uma vez que os militares dos EUA oficialmente não têm interesse no assunto. Quando a Força Aérea dos Estados Unidos desmantelou sua investigação oficial de OVNI, Projeto Livro Azul, em 1969, foi aceito que nenhuma agência governamental estava se dedicando ao assunto OVNI. A partir da década de 1970, os militares expressaram que ninguém no governo estava lidando com relatos de avistamentos de OVNIs, fotos, vídeos ou qualquer coisa.”


Este documento DoD, entre outros, prova que o interesse dos militares em OVNIs não terminou em 1969, de acordo com Dean. Como eles podem manter o desdém sobre a questão OVNI quando eles claramente impões para as Forças Armadas como digerir o assunto. Estão realmente pedindo fotos de OVNIs!

ufos-570x408

Dean é rápido em apontar que OVNIs não necessariamente dizem respeito a alienígenas de outros mundos, mas faz uma pergunta interessante; O que está acontecendo em nossos céus que os militares estão ativamente estabelecendo protocolos para coletar imagens de UFOs?

Dean tem grande cuidado em apontar como o documento separa os conceitos de um fenômeno aéreo desconhecido, estranhos eventos meteorológicos e naturais, e um objeto voador “não obviamente identificável como avião convencional”. Ele afirma,

Este é mais um exemplo da doutrina militar dos EUA que especificamente trata os “OVNIs” como distintos de outras plataformas aéreas, apesar das garantias dos militares dos EUA de que os OVNIs não estão dentro de sua jurisdição. Simplesmente, o termo “UFO” não deve sequer ser utilizado.

Por parte de Dean e outros pesquisadores UFO, a análise de documentos desclassificados continua, lançando luz sobre a dualidade muito real do fenômeno como um todo. Por alto, os militares abertamente não têm interesse em investigar a questão OVNI, ainda, em documentos classificados, ainda mantém regulamentos sobre como lidar com provas fotográficas ou vídeo deles.

No final, isso faz sentido no entanto. Nenhum militar quer ser pego com suas calças na mão em relação a objetos estranhos voando através de seus próprios céus.  Se tratando tanto de extraterrestres quanto de potências estrangeiras que usam o espaço aéreo americano para testar seus novos brinquedos de alta tecnologia.

Talvez os regulamentos estão lá para os militares conseguirem algumas fotos de algum jato secreto russo, destinados à inteligência militar e a ninguém mais. Para o olho inexperiente, parece não convencional, porque é um novo design, mas para o alto escalão que tiveram os olhos nele por um tempo, é apenas um avião novo e elegante.

Aliens ou não, Dean continua a garimpar em coleções de arquivos que ele acumulou. O resto da comunidade OVNI também mantém seus olhos para os céus procurando mais sinais deste fenômeno que simplesmente não acaba.

Você pode ver o arquivo completo aqui


Fontes: mysteriousuniverse.org |  biotech.law.lsu.edu | ufos-documenting-the-evidence.blogspot.com