2019; Chico Xavier e a Data Limite imposta pelos extraterrestres

Uma revelação feita em 1986, pelo médium Francisco Cândido Xavier a Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier de Pedro Leopoldo (MG) e da Vinha de Luz Editora, de Belo Horizonte/MG, sobre o futuro reservado ao planeta Terra e a todos os seus habitantes nos próximos anos. Chico Xavier teria dado este depoimento a alguns seletos amigos, entre eles Marlene Nobre e Geraldo Lemos Neto, em uma conversa informal ocorrida em 1986, após um jantar em sua casa, em Uberaba, e que eles relataram no livro “Não Será em 2012”.

Especialistas em ufologia afirmam que após a explosão das bombas de Hiroshima e Nagasaki, se verificou um aumento considerável no número de avistamentos de OVNI’S (Objetos Voadores Não Identificados) em todo o mundo. Pouco mais de duas décadas depois, Chico Xavier confidenciava aos companheiros mais próximos que, por ocasião da chegada do homem à lua em 20 de julho de 1969, acontecera uma reunião com as potências celestes de nosso sistema solar para verificar o avanço da sociedade terrena.

“Há ocorrido enormes impactos de OVNIS em bases nucleares na segurança nacional e nós temos provas”, afirma o capitão de lançamento Robert Salas. O grupo afirma que os objetos voadores não identificados têm sobrevoado locais com armas nucleares desde 1948 e que possui documentos que comprovam isso. Em muitos casos, os mísseis apresentaram mal funcionamento ao mesmo tempo que objetos em formato de disco voavam silenciosamente nas proximidades das bases.

Data Limite

Outro membro do grupo, Charles Halt, afirma ter visto um objeto voador no formato de disco lançando um feixe de luz em direção à base da Real Força Aérea britânica (RAF, na sigla em inglês) em Bentwaters, na Inglaterra. Após isso, ele ouviu no rádio que a “aeronave” teria pousado em uma área de armazenamento de armas nucleares. Os ex-oficiais acreditam que os governos dos dois países “abafaram” as notícias, utilizando excelente métodos de desinformação.

Alienígenas evitaram guerra nuclear na Terra; Diz o ex astronauta Edgar Mitchell

Para quem nunca ouviu falar sobre o assunto, o médium brasileiro Chico Xavier abriu caminho para o leitor se aprofundar no tema da Data Limite,”a transformação da terra” pela qual a humanidade será avaliada por 50 anos, a partir de 20 de julho de 1969. isso intrigou Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier, de Pedro Leopoldo (MG). que com 19 anos de idade conheceu Chico Xavier, e foi amigo da família desde os tempos de sua meninice.

“Chico Xavier nos informou que havia sido dado à humanidade terrestre um período extra de tempo de 50 anos a partir do momento em que o homem pisou pela primeira vez na lua em julho de 1969. O que a raça humana e, principalmente, as nações mais poderosas e desenvolvidas do mundo fizerem nesse período que se encerra em 2019 é que atestará a capacidade de nos desenvolvermos mais rapidamente e em paz a caminho de uma comunidade interestelar, gerando avanços ainda inimagináveis numa sociedade mais fraterna e mais justa, num mundo em regeneração. Ou, caso contrário, atrasarmos o nosso passo evolutivo com um conflito nuclear de consequências arrasadoras e imprevisíveis para todos nós” – Geraldo Lemos Neto.



Data Limite

Confira trechos do livro:

Militares atestam acerca da intervenção extraterrestre quanto às armas nucleares desde outrora já em curso em nosso mundo. Para quem nunca ouviu falar sobre o assunto, Chico Xavier abriu caminho para o leitor se aprofundar no tema da Data Limite pela qual a humanidade será avaliada por 50 anos, em ocasião de sua participação no programa Pinga Fogo, em 1971 e à confissão feita a Geraldo Lemos Neto (fundador da Casa de Chico Xavier, Pedro Leopoldo-MG). Este período de prova consiste na obrigatoriedade de não haver um holocausto bélico pelo prazo de 50 anos, a partir de 20 de julho de 1969.

“Caso alcançarmos esta data sem o referido dissabor, a humanidade galgaria avanços extraordinários desde então. Avanços em todas as áreas do conhecimento e desenvolvimento e, os extraterrestres teriam permissão para nos contatar formalmente, caso julguem conveniente.”

“O Tema da transformação da Terra de mundo de expiação e provas para mundo de regeneração, levantado pelo próprio codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec, sempre interessou e intrigou Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier, de Pedro Leopoldo (MG).”

“Com 19 anos de idade, já tendo lido e estudado toda a obra de Kardec, conheceu o médium Chico Xavier, amigo da família desde os tempos de sua meninice em Pedro Leopoldo.”

“Perguntei, então, ao Chico a que avanços ele se referia e ele me respondeu: “Nós alcançaremos a solução para todos os problemas de ordem social, como a solução para a pobreza e a fome que estarão extintas; teremos a descoberta da cura de todas as doenças do corpo físico pela manipulação genética nos avanços da Medicina; o homem terrestre terá amplo e total acesso à informação e à cultura, que se fará mais generalizada;”

Aqui você tem acesso ao livro ” Não Será em 2012″ em PDF

 

Veja o filme abaixo  “Chico Xavier e Data Limite”



Créditos:  Marlene Nobre | Geraldo Lemos Neto | Pozati Filmes | Fé Editora Jornalística

Comprar o livro: Não será em 2012